top of page
  • Foto do escritorYClient

Qual é a teoria de marketing dos programas de fidelização?

A teoria de marketing subjacente aos programas de fidelização centra-se na ideia de criar, melhorar e manter a fidelidade do cliente a uma marca ou empresa. Os programas de fidelização incentivam a repetição de compras e aumentam o envolvimento do cliente, ao oferecer prémios, descontos e benefícios especiais.

 

Saiba mais sobre as principais ideias subjacentes à promoção de programas de fidelização.

Qual é a teoria de marketing dos programas de fidelização

1. Fidelização comportamental vs. fidelização de atitude

A fidelização comportamental, caracterizada pelo facto de os clientes comprarem repetidamente à mesma marca/empresa, é o foco principal de muitos programas de fidelização. Estes programas têm como objetivo aumentar a frequência e o volume de compras, oferecendo recompensas aliciantes para um patrocínio continuado.

Em contrapartida, a fidelização baseada na atitude reflete uma ligação emocional ou uma lealdade mais profunda a uma marca. Os programas de fidelização que visam esta forma de fidelidade procuram criar uma ligação emocional positiva e melhorar a experiência geral do cliente através de prémios personalizados. Isto incentiva a repetição de compras e cultiva uma relação mais significativa entre o cliente e a marca.

 

2. Sistemas de recompensa

Um programa de fidelização baseado em pontos permite que os membros ganhem pontos de fidelização por compras, que podem ser trocados por prémios. Estes sistemas oferecem incentivos claros e diretos que motivam os clientes a continuar a comprar e a acumular pontos. Para manter os programas de fidelização baseados em pontos atrativos e justos, é necessário definir quantos pontos equivalem a uma recompensa.

Outra estratégia eficaz são os programas por escalões. Estes oferecem uma estrutura de recompensas com base nos gastos do cliente ou nos níveis de envolvimento, sendo que os níveis mais elevados proporcionam benefícios mais exclusivos. Esta abordagem motiva os membros a gastar ainda mais para alcançar os níveis superiores, promovendo um sentimento de estatuto e realização.

Os programas de cashback ou de descontos oferecem outra forma eficaz de incentivar a repetição de compras, junto com os programas baseados em pontos e em escalões. Nestes esquemas, os clientes recebem uma percentagem do valor da sua compra como desconto em transações futuras. Isto proporciona poupanças imediatas e tangíveis, incentivando as pessoas a voltarem sempre.




 

3. Retenção e aquisição de clientes

Os programas de fidelização são concebidos para reter os clientes existentes, recompensando as suas transações contínuas, o que ajuda a reduzir as taxas de rotatividade. Promova um sentimento de apreço e valor, reconhecendo e recompensando os clientes de forma consistente.

Além disso, os programas de fidelização apelativos podem atrair novos clientes à procura de grandes vantagens. Promova o seu programa para atrair novos clientes que irão valorizar a adesão e a participação no seu sistema de recompensas.

 

4. Personalização e dados do cliente

Uma vantagem significativa dos programas de fidelização é a recolha de dados essenciais, como o histórico de compras e as preferências do cliente. Estes dados podem ser utilizados para personalizar as atividades de marketing de fidelização e oferecer recompensas personalizadas. Além disso, compreender melhor o seu público através destes dados permite ofertas mais relevantes e direcionadas.

A incorporação de estratégias de marketing de fidelização offline melhora ainda mais esta abordagem. Ao analisar os dados dos clientes, pode oferecer recompensas altamente relevantes a compradores individuais, tanto online como offline, melhorando significativamente a sua experiência e satisfação geral. A gestão de recompensas personalizadas, seja através de promoções na loja, eventos offline exclusivos, cupões personalizados ou cartões de agradecimento físicos entregues diretamente na loja, faz com que os clientes se sintam compreendidos e apreciados, aumentando consideravelmente a sua ligação à marca.

 

5. Teorias económicas

Os programas de fidelização podem aumentar os custos de mudança para os clientes. À medida que os membros acumulam prémios, podem ser menos propensos a mudar para um concorrente para evitar perder os benefícios acumulados, criando uma "barreira" à saída.

Do mesmo modo, os programas de fidelização têm como objetivo maximizar o valor do tempo de vida do cliente (CLV), aumentando as despesas globais e o envolvimento com a marca. Só quando se fomentam relações de longo prazo e se incentivam as compras repetidas é que se pode aumentar o valor de cada destinatário.




 

6. Teorias psicológicas

O princípio da reciprocidade sugere que, quando os membros recebem prémios, sentem a obrigação de continuar a patrocinar a empresa. Este sentimento de retribuição pode reforçar a relação cliente-empresa.

O efeito de dotação pressupõe que as pessoas valorizam as recompensas que já ganharam e são mais propensas a continuar a envolver-se com o programa para proteger o seu "valor percebido". Este efeito torna os clientes mais empenhados no programa de fidelização e na marca, uma vez que querem manter os benefícios que já obtiveram.

 

7. Influência social

Ver outros a participar e a beneficiar de um programa de fidelização pode encorajar novos utilizadores a aderir e os clientes existentes a manterem-se envolvidos. Esta influência pode ser verdadeiramente poderosa, uma vez que as pessoas olham frequentemente para o comportamento dos outros para orientar as suas próprias ações.

Alguns programas de fidelização criam um sentido de comunidade entre os membros através de eventos exclusivos ou interações sociais, promovendo uma ligação mais profunda com a marca. O aspeto da construção de uma comunidade pode aumentar a fidelidade do cliente, fazendo com que os membros se sintam parte de algo maior e mais significativo.

 

8. Gamificação

A incorporação de ferramentas de jogo, como desafios, tabelas de classificação e conquistas, pode tornar os programas de fidelização mais envolventes e agradáveis para os utilizadores, incentivando a participação contínua. Estes elementos acrescentam uma camada de diversão e competição, o que pode motivar os clientes a participarem com mais frequência e com maior entusiasmo.

A gamificação pode transformar transações de rotina em oportunidades interessantes para os membros ganharem recompensas e alcançarem estatutos mais elevados no seu programa.



Fidelização de Clientes

 

9. Efeitos de rede

Os programas de recomendação incentivam os clientes a recomendar o programa de fidelização a outras pessoas, criando efeitos de rede em que o valor do programa aumenta à medida que mais pessoas aderem e participam. Isto pode levar a um crescimento exponencial da base de clientes, uma vez que cada novo membro pode trazer mais referências.

À medida que o seu programa cresce, o catálogo de benefícios e recompensas também se deve expandir, tornando o programa de fidelização mais atrativo e valioso para todos os membros.

Comments


bottom of page